Pular para o conteúdo
O Blog de saúde | Suplementos esportivos

O que significa cada parte da sua análise sanguínea?

Última atualização: 16 Setembro de, 2017
Por:
O que significa cada parte da sua análise sanguínea?

Muitos dos pacientes têm dúvidas quando têm em suas mãos os resultados de uma análise sanguínea em relação com o resultado e com cada elemento que aparece no pedido, nem o significado de cada um.
Lembre-se que a interpretação dessa análise é sempre validada pelo doutor, que será o encarregado de informar sobre os resultados.

Por que fazer uma análise sanguínea?

As análises de sangue permitem ao médico ver um resultado detalhado dos marcadores de doenças, os nutrientes e os produtos metabólicos no sangue, bem como o funcionamento de vários órgãos (por exemplo, os rins e o fígado) se estão fazendo seu trabalho corretamente.

Durante um exame físico, o médico costuma solicitar a coleta de sangue para testes de hemograma completo e/ou bioquímica, assim como um perfil de lipídios, que mede o colesterol e os elementos relacionados. Os detalhamos a seguir uma breve explicação das medições, juntamente com as descrições de algumas teste comuns.

As análises de sangue utilizam o sistema de medição e abreviaturas métricas de forma universal. São as seguintes:

cmmcélulas por milímetro cúbico
fL (femtoliter)fração de um milionésimo de um litro
g / DLgramas por decilitro
INTERFACE DO USUÁRIO / Lunidades internacionais por litro
mEq / Lmiliequivalentes por litro
mg / dLmiligramas por decilitro
mlmililitro
mmol / Lmilimoles por litro
NG / mLnanogramas por mililitro
PG (picogramos)um bilionésimo de grama

Significado do perfil Bioquímico

ALT (alanina aminotransferase)

Faixa saudável: 8 Para 37 INTERFACE DO USUÁRIO / L

Nesta prova podem-se observar os níveis da ALT é uma enzima do fígado. Quando tudo está bem esta prova deve estar dentro da faixa dos valores de referência. Qualquer resultado mais alto ou baixo pode indicar danos no fígado.

Albumina

Faixa saudável: 3.9 Para 5,0 g / DL

É uma proteína produzida pelo fígado. Os níveis de albumina pode ser um indicador de problemas renais ou hepáticos.

Relação À / G (albumina relação / globulina) ou a prova de proteína total

Relacionamento saudável: um pouco mais de 1, o que favorece a albumina

Existem dois tipos de proteínas sanguíneas: a albumina anteriormente descrita e a globulina. Este teste compara os níveis destas duas proteínas com outras. Os níveis elevados de proteínas podem indicar uma condição de saúde que exija uma atenção mais especializada.

A fosfatase alcalina

Faixa saudável: 44-147 INTERFACE DO USUÁRIO / L

Esta enzima está envolvida tanto no fígado como no dos ossos, por que as elevações podem indicar problemas com o fígado ou doenças relacionadas com os ossos. Inclusive, se você observar alguma quebra de ossos, este valor pode ser mais elevado do que o normal.

AST (aspartato aminotransferase)

Faixa saudável: 10 Para 34 INTERFACE DO USUÁRIO / L

Esta enzima encontra-se no tecido do coração e no fígado, por que as elevações sugerem problemas podem estar ocorrendo em um ou em ambos os órgãos.

A bilirrubina

Faixa saudável: 0,1 Para 1,9 mg / dl

Isso fornece informações sobre as funções hepáticas e renais, problemas nos ductos biliares e anemia.

BUN (nitrogênio de uréia no sangue)

Faixa saudável: de 10 Para 20 mg / dL

Esta é outra medida que as funções renais e hepáticas. Os valores altos podem indicar um problema com a função renal. Uma série de medicamentos e uma dieta alta em proteínas também podem elevar os níveis de BUN.

Relação BUN / creatinina

Relacionamento saudável de BUN a creatinina: 10: 1 Para 20: 1 (homens e idosos, pode ser um pouco mais alto)

Este teste mostra se os rins estão eliminando os resíduos corretamente. Os altos níveis de creatinina, um subproduto das contrações musculares, são excretados pelos rins e sugerem redução da função renal.

Cálcio

Rrango saudável: 9.0 Para 10,5 mg / DL (os idosos tipicamente marcar um pouco inferior)

Muito cálcio na corrente sanguínea pode indicar problemas renais, tireóide ou paratireóide, glândulas muita ativas, certos tipos de câncer, incluindo linfoma, problemas com o pâncreas, ou uma deficiência de vitamina D.

Cloreto

Faixa saudável: 98-106 mEq / L

Este mineral é medida frequentemente como parte de um painel de eletrólitos. Uma dieta rica em sal e/ou medicamentos, muitas vezes, são responsáveis por elevações em cloreto. O excesso de cloreto pode indicar um ambiente muito ácido no corpo. Também poderia ser um sinal de alerta, como a desidratação, mieloma múltiplo, doenças renais ou disfunção da glândula adrenal.

Creatinina

Faixa saudável: 0,5 Para 1,1 mg / dL para as mulheres; 0,6 Para 1,2 mg / dl para os homens (os idosos pode ser ligeiramente inferior)

O creatinina é um produto de resíduos dos músculos com o que se mede a funcionalidade renal.

O jejum de glicose (açúcar no sangue)

Faixa saudável: 70 Para 99 mg / dL para o adulto médio (os idosos tendem a pontuar mais alto, mesmo quando estão saudáveis)

Os níveis de açúcar no sangue podem ser afetados por alimentos ou bebidas que tiver tomado recentemente, stress, os medicamentos que esteja a tomar e a hora do dia. O teste de açúcar no sangue em jejum se realiza depois de pelo menos 6 horas em jejum, nem ter ingerido qualquer bebida que não seja água.

O fósforo

Faixa saudável: 2.4 Para 4,1 mg / DL

O fósforo desempenha um papel importante na saúde óssea e se relaciona com os níveis de cálcio. O excesso de fósforo pode indicar um problema renal ou com a glândula paratiróide. O abuso do álcool, o uso de antiácidos a longo prazo, o consumo excessivo de diuréticos ou de vitamina D,e a desnutrição também pode elevar os níveis de fósforo.

Potássio

Faixa saudável: 3.7 até 5.2 mEq / L

Este mineral é essencial para a transmissão dos impulsos nervosos, a manutenção das funções musculares adequadas, e a regulação dos batimentos do coração. Diuréticos, medicamentos que, muitas vezes, dão-se por pressão arterial elevada, podem causar baixos níveis de potássio.

De sódio

Rrango saudável: 135 Para 145 mEq / L

Outro membro da família de eletrólitos. O sódio é um mineral que ajuda a manter os níveis de água em equilíbrio , ajuda com os impulsos nervosos e as contrações musculares. As irregularidades nos níveis de sódio podem indicar desidratação, distúrbios das glândulas supra-renais, consumo excessivo de sal por uma dieta inadequada, corticosteróides e medicamentos para aliviar a dor ou problemas com o fígado ou os rins.

Perfil lipídico

Colesterol total

SaudávelAbaixo 200 mg / DL (abaixo 5,18 mmol / L)
Limite alto200 Para 239 mg / DL (5.2 Para 6.2 mmol / L)
AltaAcima de 240 mg / DL (acima 6,2 mmol / L)

Este teste mede os níveis de LDL (conhecido como mau colesterol) e o HDL-colesterol (bom colesterol) de forma combinada. A prova pode ser simplesmente para verificar os níveis de colesterol de um paciente ou para fins de comparação (por exemplo, para determinar se os medicamentos que reduzem o colesterol estão trabalhando).

Triglicerídeos

Faixa saudável: 40 Para 160 mg / DL

Estas gorduras são encontradas na corrente sanguínea e podem contribuir para doenças do coração e outros problemas de saúde.

(Colesterol bom) HDL

regras gerais:

MelhorAcima de 60 mg / dL
Bom50 Para 60 mg / DL
PobreAbaixo 40 mg / dl para os homens; abaixo 50 mg / dL para as mulheres

Também conhecido como o bom colesterol, HDL (lipoproteína de alta densidade) protege contra doenças do coração. Os resultados baixos são fatores de risco para doenças do coração.

De colesterol LDL (Garoto mau)

Regras gerais (de melhor para pior):

IdealAbaixo 100 mg / dL
Quase ideal100 Para 129 mg / DL
Limite alto130 Para 159 mg / DL
Alta160 Para 189 mg / DL
Muito altoAcima de 189 mg / DL

Também conhecido como colesterol ruim, LDL (lipoproteína de baixa densidade) é a substância que entope as artérias e é ligada a doenças do coração.

Colesterol total / HDL

Valores de referência:

IdealRelação de 3,5 Para 1
SaudávelRelação de 5 Para 1 ou menos

Esta relação é outra maneira de verificar o risco de doenças do coração. Determina-Se dividindo o nível de colesterol HDL, o colesterol total. O laboratório é normalmente feito o cálculo, por que o seu médico só lhe dirá qual é a relação e se deve preocupar-se ou não.

Hemograma

A prova de exame dos elementos celulares no sangue, incluindo glóbulos vermelhos, várias células brancas do sangue e plaquetas. Segue aqui uma lista dos componentes que normalmente são medidos, juntamente com os valores de referência. Se o médico lhe diz que está bem, mas os resultados dos testes são um pouco diferentes do que o que mostramos aqui, não se preocipe. Alguns laboratórios interpretam resultados de teste diferença para os outros, por isso que não têm em conta estes números absolutos. Cada laboratório realiza um conjunto de resultados que consideram dentro dos valores normais, por que se a mesma amostra é analisada em dois laboratórios diferentes, possivelmente, em um caso apareça algum alarme (que indica que se encontra fora dos valores de referência) e em outro não.

Glóbulos brancos – Contagem de leucócitos

Intervalo normal: 4.300 Para 10.800 cmm

Os glóbulos brancos ajudam a combater as infecções, por que um alto número de glóbulos brancos pode ser útil para a identificação de infecções. Também pode indicar leucemia, que pode causar um aumento no número de células brancas do sangue. Por outro lado, muito poucas células brancas do sangue podem ser causadas por medicamentos ou por distúrbios da saúde.

Glóbulos brancos – Contagem diferencial

Intervalo normal:

Neutrófilos40% Para 60% do total
Linfócitos20% Para 40%
Monócitos2% Para 8%
Eosinófilos1% Para 4%
Basófilos0,5% Para 1%

Este teste mede os números, formas e tamanhos, de vários tipos de células brancas do sangue antes mencionados. A contagem diferencial também mostra se os números de células diferentes estão na proporção adequada entre si. Irregularidades na prova pode ser sinal de uma infecção, inflamação, doenças auto-imunes, anemia ou outros problemas de saúde.

Glóbulos vermelhos ou eritrócitos

Intervalo normal: 4,2 Para 5,9 milhões cmm

Temos milhões de células vermelhas no sangue e este teste mede o número de glóbulos vermelhos em uma quantidade específica de sangue. Ajuda-Nos a determinar o número total de glóbulos vermelhos e nos dá uma idéia de sua vida útil. Esta prova não aponta de onde se originam os problemas, por isso que se há irregularidades, são necessários outros testes.

Hematócrito

Intervalo normal: 45% Para 52% para os homens; 37% Para 48% para as mulheres

Muito útil para diagnosticar a anemia. Este teste determina a quantidade do volume total de sangue no corpo, que é composto de células vermelhas do sangue.

A hemoglobina

Rrango normal: 13 Para 18 g / dl para os homens; 12 Para 16 g / dL para as mulheres

Os glóbulos vermelhos contêm hemoglobina, que faz com que o sangue seja de cor vermelho brilhante. Mais importante é o fato de que a hemoglobina fornece oxigênio dos pulmões para todo o corpo; Em seguida, volta para os pulmões com o dióxido de carbono, que se exala. Os níveis de hemoglobina saudáveis variam de acordo com o gênero. Os baixos níveis de hemoglobina podem indicar anemia.

Volume corpuscular médio (VCM)

Intervalo normal: 80 Para 100 femtolitros

Este teste mede o tamanho médio das células vermelhas do sangue. Se os resultados estiverem fora da faixa de valores de referência podem indicar anemia e a classe, podendo ser macrocíticas ou microcíticas. Se os níveis são baixos, pode indicar uma talassemia (défice da hemoglobina por causas congênitas). Se, pelo contrário, os níveis são altos, pode indicar a falta de Vitamina B12, ácido fólico, transtornos hepáticos ou pelo consumo de álcool.

A hemoglobina corpuscular média (HCM)

Intervalo normal: 27 Para 32 picogramos

Este teste mede a quantidade média de hemoglobina nos glóbulos vermelhos. Os resultados que são demasiado elevados podem indicar anemia por falta de Vitamina B12 e/ou ácido fólico, mas é raro que se dê, enquanto que os que são muito baixos podem indicar uma deficiência nutricional por deficiência de ferro.

Contagem de plaquetas

Intervalo normal: 150.000 Para 400.000 mL

As plaquetas são pequenas porções de células envolvidas na coagulação do sangue. Demasiadas ou muito poucas plaquetas podem afetar a coagulação de diferentes maneiras. O défice de plaquetas é chamado de tratamento. Pode dar origem a hemorragias. Para um número elevado de plaquetas é chamado de trombocitosis, dando possibilidade para a formação de trombos nas artérias.

Velocidade de segmentação globular

Intervalo normal: 0 Para 10 mm/hora em homens e 0 a 20mm/h em mulheres

Graças a este parâmetro, podemos medir a velocidade com que sedimentam os glóbulos vermelhos em um determinado tempo. Nem sempre os resultados indicam uma patologia. Os baixos níveis não são muito comuns, mas pode ser útil para rever o tratamento de alguns pacientes. No caso de pacientes com mielomas, leucemias, a artrite reumatóide ou lupus, este parâmetro pode ser alto

Outros testes:

Tireóide

É aconselhável solicitar uma análise deste hormônio se o paciente apresenta fadiga e aumento de peso ou perda de peso e sentimentos de nervosismo ou hiperatividade.

ProvaValores de referência
O hormônio estimulante da tireóide (TSH)

0,3 Para 3

T4 total (tiroxina total)

04.05 Para 12.05

T4 livre (tiroxina livre)

0,7 Para 2,0

T3 total (livre total)

80 Para 220

T3 livre (tri-iodotironina livre)

2.3 Para 4.2

Se o resultado do teste encontra-se abaixo do mínimo, você pode estar sofrendo de hipotireoidismo, ou baixa funcionalidade da glândula tiróide. Se, pelo contrário, se encontra acima da faixa normal, é possível que tenha uma tiróide muito activa, ou hipertireoidismo. Em ambos os casos, o médico é quem deve diagnosticarle uma ou outra opção.

Vitamina D

Intervalo normal: 30 Para 74 NG / mL

As deficiências são muito comuns em países que não dispõem de muito sol. No Brasil, atualmente, não temos esses problemas, devido ao clima e os dias de sol. Mesmo assim, as pessoas de cor, habitantes de regiões frias ou com pouca luz solar e as pessoas mais velhas podem não ser capazes de produzir quantidades suficientes para uma saúde óptima. A melhor maneira de determinar se você precisa de suplementos é para fazer a prova da vitamina D, conhecido como 25-hidroxivitamina D.

Há muito mais provas disponíveis, mas os incluídos aqui estão entre os mais comuns.
Para obter resultados precisos, você deve seguir as instruções do médico ou dos enfermeiros na preparação prévia para as provas. É possível, por exemplo, que deve ir para a coleta de sangue com 12 horas de jejum prévio. É muito importante para que os resultados sejam válidos e permitam ao médico uma avaliação correta. Se não, se veria obrigado a repetir as análises com a consequente dificuldade de peruca de novo.
Se você não entende algo nos resultados, não hesite em fazer perguntas, já que o médico deve responder suas dúvidas, e se não, pode consultar o resultado com outros profissionais de saúde, como enfermeiros, farmacêutico, …

Partilhar
Tweetar
+1
Partilhar
Pin
Stumble